23.1 C
Canelinha
terça-feira, 21/01/2020
23.1 C
Canelinha
terça-feira, 21/01/2020

Mãe reclama da falta de atenção do poder público com sua filha de apenas 10 anos

Mais Notícias

Vendedora ambulante agride uma fiscal da Prefeitura de Itapema

Uma vendedora ambulante agrediu uma fiscal da Prefeitura de Itapema, no final da tarde de terça-feira(14-01), o caso ocorreu...

Colisão entre carro e caminhão deixa uma vítima presa às ferragens em Brusque

A colisão aconteceu na manhã desta quarta-feira(15-01), por volta das 11h25, um carro bateu de frente com um caminhão,...

Comunidade de São João Batista reclama de esgoto, e lixo sendo queimado em terreno baldio

Moradores do bairro Ribanceira do Sul, da comunidade do ‘Canto dos Alemão’, São João Batista na rua Ivo Smith,...
Olho Vivo Canhttps://www.olhovivocan.com.br/
Um portal de Notícias, totalmente digitalizado traz as principais informações sobre O Vale do Rio Tijucas e região, com sua cede em Canelinha. Missão de articular as forças da comunidade, sendo voz, dos que não as tem, ligamos você ao nosso Estado de ponto a ponto.

Nossa equipe foi convidada por uma mãe, moradora da Nova Descoberta Tijucas, que nos apresentou sua dificuldade se ser assistida pelo poder público da cidade.

Informações da mãe Sr. Tamara Regina moradora do bairro Nova Descoberta, Tijucas, é que todos os dias precisa andar mais de 1,5km, para que sua filha especial possa ir estudar também acompanhada de seus irmãos todos menor.

“Minha menina não pode ficar sem escola, precisa estudar e dias de chuva isso fica quase impossível levala a parada de ônibus, com cadeira de rodas, guarda chuva, e o perigo de atravessar a SC-410, eo que não bastasse ela precisa de uso continuo de fraldas e remédios, o que não temos isso asseguradas pelo município de Tijucas, nem exames temos conseguido” lamentou a mãe.

Todos os dias sua filha especial em uma cadeira de rodas, mas seus irmão menores precisam atravessar a SC-410, assim para chegar na rua geral do bairro Nova Descoberta, para pegar ônibus e ir a escola uma média de 1,5km de distancia de sua casa.

Quer receber notícias no WhastsApp?   Seja bem vindo

“Passamos perigo todos os dias, faça sol faça chuvas, atravessando esta nossa SC- 410”, o trecho que esta mãe com estas crianças precisam passar já foi palco de vários acidentes, o que causa medo na família que precisa por obrigação atravessar esta parte da SC, já que não vê solução da parte do poder público.

“Quando se quer falar com prefeito nunca pode sempre ocupado, mas quando quer voto ele não quer saber se estou com tempo disponível apenas chega pedindo votos”.

Nós do portal olhovivocan estivemos conversando com a assistente social do CRAS Sr. Marcia e também Pedagoga Sr. Rosely, ambas nos falaram que não tinham conhecimento de tal fato, mas que de imediato iriam garantir os direitos destas crianças.

“Vamos ainda hoje dar toda a atenção para que os direitos e segurança destas crianças sejam garantidos”. Comentaram.

Assista conversa com a mãe.

Últimas Notícias

Creches retornam na próxima quinta 23 de janeiro em São João Batista

Preparação das equipes de trabalho para o ano letivo foi iniciada nesta segunda-feira (20-01) pela Secretaria Municipal de Educação A...

COPA BRASIL DE XADREZ ESCOLAR, ETAPA SÃO JOÃO BATISTA

Será realizada no dia 01 de Fevereiro, a Copa Brasil de Xadrez Escolar, etapa São João Batista. O evento será realizado a partir das 08h30,...

Ciclista é flagrado pedalando entre os veículos na contramão da BR 101 em São José

Policiais rodoviários federais auxiliaram na manhã desta segunda-feira (20-01), na BR 101 em São José, um ciclista que pedalava pelo “corredor” entre os veículos...

Feira Municipal da Agricultura Familiar de Canelinha inicia neste sábado, 25 de janeiro

Produtores rurais e artesãos de Canelinha estarão mais próximos do público urbano do município. Isso se deve à implantação da Feira Municipal da Agricultura...

Canelinha e outros 14 municípios tem parecer prévio para rejeição das contas segundo TCE/SC

O TCE/SC concluiu nesta quarta-feira (18/12) a apreciação das contas das 295 prefeituras catarinenses, referentes ao exercício de 2018. Foram 280 pareceres pela aprovação,...

Mais notícias como esta