17.9 C
Canelinha
sábado, 25/01/2020
17.9 C
Canelinha
sábado, 25/01/2020

Médico é indiciado por 8 atos de corrupção em Nova Trento

Mais Notícias

Ciclista é flagrado pedalando entre os veículos na contramão da BR 101 em São José

Policiais rodoviários federais auxiliaram na manhã desta segunda-feira (20-01), na BR 101 em São José, um ciclista que pedalava...

A REDE FEMININA DE CANELINHA também vai ser beneficiada pelo Troco Solidário das Lojas HAVAN

Neste primeiro semestre de 2020 a Rede Feminina de Combate ao Câncer do Estado de Santa Catarina firmou parceria...

Em Bombinhas adolescentes são flagrados com meio quilo de maconha

O fato aconteceu na última sexta-feira 17-01, foi flagrado em posse de dois rapazes menores de idade, meio quilo...
Olho Vivo Canhttps://www.olhovivocan.com.br/
Um portal de Notícias, totalmente digitalizado traz as principais informações sobre O Vale do Rio Tijucas e região, com sua cede em Canelinha. Missão de articular as forças da comunidade, sendo voz, dos que não as tem, ligamos você ao nosso Estado de ponto a ponto.

Na tarde desta segunda-feira 09-12 a Policia Civil liberou relatório, onde mostra que um médico foi indiciado por oito atos de corrupção passiva na cidade de Nova Trento.

Segundo o relatório da  Polícia Civil, que por meio de Delegacia de Nova Trento, encaminhou ao Poder Judiciário, na última semana, o inquérito policial que investigou a ocorrência de corrupção no Hospital Municipal de Nova Trento – Hospital Nossa Senhora Imaculada Conceição.

Um médico foi indiciado por 8 (oito) atos de corrupção passiva.

O crime de corrupção passiva ocorre quando um funcionário público solicita ou recebe vantagem indevida em razão de sua função pública, ou, ainda, quando aceita promessa desta vantagem.

A investigação foi iniciada com a denúncia segundo a qual o investigado estaria cobrando para realizar cesáreas e laqueaduras no Hospital, cujos procedimentos são integralmente custeado pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

No inquérito policial foram identificadas 7 (sete) mulheres que afirmaram ter efetuado o pagamento para que o indiciado realizasse as suas cesáreas no Hospital Municipal de Nova Trento. Também foi identificada 1 (uma) mulher para quem o investigado solicitou o pagamento, mas ela se recusou a pagar.

Todas as mulheres foram atendidas pelo investigado em clínicas particulares em Itapema e em São João Batista.

Também foram identificados funcionários do Hospital e das clínicas particulares, que confirmaram as versões das gestantes.

O médico encontra-se cautelarmente afastado de sua função pública, em razão de determinação judicial, após representação da Polícia Civil, desde o final de julho de 2019.

Não foi identificado nenhum funcionário do Hospital ou servidor público municipal que tivesse ciência ou participação nos crimes.

A Polícia Civil reitera que todos os procedimentos realizados no Hospital Municipal de Nova Trento são gratuitos e custeados com verbas públicas, não devendo ser realizado nenhum pagamento por eles. Qualquer denúncia deve ser imediatamente comunicada à Delegacia de Polícia, sendo essencial a colaboração da população. Imagem Ilustrativa

Últimas Notícias

POLÍCIA CIVIL DE SÃO BATISTA CUMPRE MANDADO DE PRISÃO PREVENTIVA

Na tarde de hoje, 24/01/2020, a Polícia Civil de São João Batista, por meio do Setor de Investigação e...

PRF apreende droga sintética semelhante ao ecstasy na BR 101 em Palhoça

Policiais rodoviários federais apreenderam na manhã desta sexta-feira(24-01), na BR 101 em Palhoça, 368 gramas de MDMA, droga sintética que tem o mesmo princípio...

Confira o horário de funcionamento dos serviços municipais de Canelinha

 Prefeitura de Canelinha e Secretaria de Desenvolvimento, Agricultura, Meio Ambiente, Habitação e Turismo: horário normal de atendimento, das 08h às 12h, e das 14h às 17h.  Secretaria...

POLICIAIS MILITARES DO 12º BPM REALIZAM INSTRUÇÃO CONJUNTA COM A POLÍCIA FEDERAL E SÃO HABILITADOS NO USO DO FUZIL PLATAFORMA AR

Na tarde da última quarta-feira, 22, policiais militares lotados no 12º Batalhão realizaram uma instrução conjunta com a Polícia Federal, bem como passaram pela...

24 pessoas são presas em SC na Operação de combate ao comércio ilegal de cigarros

Na tarde dessa quinta feira (23-01) foi desencadeada a Operação Varejo, num período de 12h, no Estado de Santa Catarina, buscando inibir principalmente o...

Mais notícias como esta